No Braço Da Viola

Almir Sater

exibições 7.836

No Braço Da Viola

Trabalhar eu não trabalho
Sem dinheiro eu não fico
Dou meus pulo por ai
Vou juntando os tico-tico
Nasci pra ser violeiro
Levo a vida de rico
Cantando e fazendo modas
Não dou bola pra fuchico
Se não fosse a viola
Eu já tinha abrido o bico

Antes não ganhava nada
Só vivia trabalhando
É no braço da viola
Que eu vivo faturando
Eu larguei mão de ser trouxa
E fazer cama pra malandro

Eu já fiz tudo na vida
Mas a sorte fracassou
Trabalhei de empregado
Meu patrão não me pagou
eu fui trabalhar na roça
Mas São Pedro castigou
O que sobrou na enchente
A seca brava matou
Acendi vela pro santo
Mas o santo falhou

Antes não ganhava nada
Só vivia trabalhando
É no braço da viola
Que eu vivo faturando
Eu larguei mão de ser trouxa
E fazer cama pra malandro

Eu tive muitos empregos
Em nenhum fui aprovado
Se vejo alguém trabalhando
Quase morro de cansaço
Quando vejo uma inchada
Vai me dando um suador
Agradeço meu bom Deus
Ele é meu protetor
Eu ia voltar pra roça
Mas a viola me salvou

Antes não ganhava nada
Só vivia trabalhando
É no braço da viola
Que eu vivo faturando
Eu larguei mão de ser trouxa
E fazer cama pra malandro

Terra Música feedback