O Vagabundo

Altemar Dutra

exibições 16.392

Que importa saber quem sou,
Nem de onde venho, nem pra onde vou.
O que eu quero são teus lindos olhos, morena,
Tão cheios de amor...
O Sol brilha no infinito,
E aquece o mundo aflito

Que importa saber quem sou,
Nem de onde venho, nem pra onde vou
Eu só quero é o teu amor,
Que me dá a vida, que me dá calor.

Tu me condenas por ser vagabundo,
Mas meu destino é viver ao léu,
Pois vagabundo é o próprio mundo,
Que vai girando no céu azul.

Que importa saber quem sou,
Nem de onde venho, nem pra onde vou
Eu só quero é o teu amor,
Que me dá a vida, que me dá calor.

Tu me condenas por ser vagabundo,
Mas meu destino é viver ao léu.
Si vagabundo és el próprio mundo,
Que vai jirando em lo cielo azul.

Que importa saber quem sou,
Nem de onde venho, nem pra onde vou
Eu só quero é o teu amor,
Que me dá a vida, que me dá calor.

Tu me condenas por ser vagabundo,
Mas meu destino é viver ao léu.
Si vagabundo és el próprio mundo,
Que vai jirando em lo cielo azul.

0 comentários
Terra Música feedback