Meu Guardião

Álvaro Tito

exibições 4.942

No silêncio da madrugada,
Os meus olhos buscam a ti,
Bem aflita minha alma pede, o socorro para mim.

Tu és o meu guardião, a minha alma livrarás,
Uma noite depende de outra noite.
E um dia de outro dia, mas tu nunca mudarás.
Uma noite depende de outra noite,
E um dia de outro dia, mas tu nunca mudaras. (bis)

0 comentários
Terra Música feedback