exibições 59.515

Mãe, tu és a conselheira dos meus passos
A mais dígna mulher dos meus abraços
A dona do mais puro beijo meu

Mãe, tu és o meu prazer na vida ou morte
Pois me ensinaste a ter um braço forte
E a construir a imagem do meu eu

Mãe tu tens em tuas mãos toda virtude
Pois entregaste a tua juventude
Pelo prazer de ter nome de mãe
E eu, usei todas as palavras que disponho
Mas na maior frase que a ti componho
Existe algo ainda por dizer

Mãe, tu és para a poesia uma meta
A musa inspiradora de um poeta
Que descobriu a fonte do amor

Mãe, em ti eu vejo tudo que há em mim
Por isso eu te digo que és enfim
A imagem mais perfeita do que sou

Mãe tu tens em tuas mãos uma virtude
Pois entregaste a tua juventude
Pelo prazer de ter nome de mãe
E eu, usei todas as palavras que disponho
Mas na maior frase que a ti componho
Existe algo ainda por dizer

Composição: Amado Batista / Reginaldo Sodré · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por CaroolFerreeira
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música
feedback