Café a Dois

Ana Larousse

exibições 53.281

Vou guardar os teus soluços mais delicados
Teus olhos e teus casacos de fio
Vou guardar os teus sorrisos apaixonados
Teu jeitinho de sozinho sorrir, mesmo quando só faz frio

Vou guardar os teus cabelos tão bagunçados
À noitinha antes da gente ir dormir
Vou guardar tuas vitórias e os teus pecados
E as histórias que eu gostava de ouvir
Naquelas tardes de sol, nas manhãs de sol

E eu vou guardar tuas manias e os teus errados
Teus trejeitos e as covinhas ao rir
Vou guardar os teus sossegos mais agitados
Teu jeitinho de me fazer sorrir
Mesmo quando não faz sol, não faz sol

E quando eu não lembrar de mais nada
Nem das rugas, nem dos anos
Nem dos nomes, e nem do frio
Vou querer te contar
Como foi o meu dia
E passear
Te dizer o que eu quero pro jantar
Descansar
Desse dom
De viver só pras lembranças
Por não ter mais nada pra guardar
Vou poder me sentar, enfim
E tomar esse café a dois
Pra nunca mais vivê-lo só depois

0 comentários
Terra Música feedback