Secretário de obra

Baitaca

exibições 16.169

Pra quem não sabe, pensa que isso é brinquedo
Levanto de manhã cedo madrugada meia escura
E pro serviço eu já ando tudo estropiado
E é um compromisso danado que eu tenho na prefeitura

Clareia o dia, corro pra tudo que é lado
Pra dar conta do recado e o povão não reclamar
Meto le a pá, tapo buraco à vontade
E as ruas da minha cidade não dá mais pra caminhar

Tapo buraco de noite, tapo de dia
Até domingo e feriado eu tapo buraco em quantia
Vivo folgado e ganho dinheiro de sobra
Estou enchendo a carteira de secretário de obra

De secretário eu sofro barbaridade
Pelas ruas da cidade tapo buraco e valeta
Instalo água pro povão não se queixar
E por tudo quanto é lugar, tô botando manga preta

De manhã cedo bem antes que o sol esquenta
Dou de mão na ferramenta e a trabalhar eu me atraco
Faço serviço que o prefeito se emociona
E por tudo quanto é zona eu vivo tapando buraco

Na zona sul, na zona norte da cidade
Na urbana e na rural eu tapo buraco à vontade
Vivo folgado e ganho dinheiro de sobra
Estou enchendo a carteira de secretário de obra

Lá no meu bairro uma muié desquitada
Num jeito tão delicada, chegou e me falou assim
Lá na minha frente tá tudo virado em caco
Pois tem um baita buraco, quero que tape pra mim

Me fui pra lá dar uma mão pra vivente
Não é que dá um acidente que eu quase que me arrebento
Me descuidei quando cheguei na beirada
Dei le uma resbalada e me fui inteiro pra dentro

Um buracão que nem esse eu nunca vi
Tomara que ninguém caia dentro desse que eu caí
Falei pra ela isso não é brincadeira
Buraco desse tamanho é só de retroescavadeira

Terra Música
feedback