O Filho do Carreteiro

Barrerito?

exibições 19.490

Senhor carreteiro, meu muito obrigado
Por essa carona que o senhor me deu
Durante a viagem vamos conversando
Assim eu lhe conto o que me aconteceu
Eu sou um menino sem pai e sem mãe
Vivo neste mundo quase sem ninguém
Depois de uma briga houve a separação
Papai foi embora em um caminhão
Igualzinho a esse que o senhor tem

Isso aconteceu já faz muito tempo
Mas trago gravado em minha memória
Depois de alguns anos mamãe faleceu
E daí então estou jogado fora
Mas trago comigo esta foto antiga
Que mamãe tirou um dia com meu pai
Talvez o senhor até os tenha visto
Pois nosso destino é tão imprevisto
Igual a viagem que vem e que vai

"Vejam, meus amigos
Como o destino é traiçoeiro
O garoto não entende
Porque chora o carreteiro"

Vejo que seus olhos já estão vermelhos
Talvez seja o sono que esteja chegando
Encoste a carreta, descanse um pouco
Pois não acredito que esteja chorando
Eu sei que o pranto é um santo remédio
Toda vez que choro, a tristeza vai
Agora eu sigo por outro caminho
Mas vou dar-lhe um beijo com todo carinho
Como se estivesse beijando meu pai

Composição: Piracelmo/Teodoro/Barrerito · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Toninho
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
0 comentários
Terra Música feedback