Letras de músicas - Letras.mus.br

Aurora do mundo

Belmonte e Amaraí

Quem teve os amores que tive na vida
É gente entendida na mágoa e na dor
E sabe por certo que um doce carinho
Às vezes é espinho em forma de flor
Estando sofrendo aqui na cidade
A louca saudade de um certo amor
Busquei o remédio pra mente saudosa
Na vida gostosa do interior

Cruzei os cerrados, chapadas e serras
Pro lado das terras de Minas Gerais
Vi campos floridos e belos cenários
Ouvi os canários nos macaubais
Fumaça distante no azul do horizonte
Na encosta do monte, formando espirais
Vi tudo que amo na tranquilidade
Mas minha saudade ainda era mais

Passei uma noite no Rancho Amizade
E vi na saudade o começo do fim
A chuva caía naquele borbulho
Num triste murmúrio por sobre o capim
A noite avançava e eu não dormia
Agora sabia que amar era assim
Pois me entreguei ao sono profundo
E a aurora do mundo caiu sobre mim

Voltei pra cidade, fiquei na agonia
Até que um dia meu bem encontrei
Beijei a menina com todo carinho
E aquele rostinho acariciei
Cantando seguiu-me na linha da vida
Na estrada da florida que eu lhe mostrei
Porque ela sabe que agora é so minha
És minha rainha eu sou o seu rei

Composição: goia · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Nilson
44.861 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais