Letras de músicas - Letras.mus.br

Eu era uma casa abandonada
A luz de Deus jamais brilhava em mim
Estava no meio do mato
Cheio de mosquito, barata e cupim
Parede toda acabada
Sem mobilia, varanda e jardim
O teto já quase caindo
Não tinha energia, escuridão sem fim
E eu desse jeito acabado
Estava com placa de venda
Na placa estava escrito:
Se me der um jeito eu posso servir!
Muitos passavam por longe dizendo:
Pra quê eu quero essa casinha velha,
Sem porta e janela, parece uma capela
Onde só mora inseto e coisa ruim.
Muitos desinganavam,
me apedrejavam e me insultavam
Diziam coisas que não em agradavam
E eu já pensava que era o meu fim

Aí chegou dois compradores
Interessados a me comprar
um queria o meu bem,
mas o outro queria era me derrubar.
Belial começou a falar
e Jesus só estava a escutar
Pra ver o que ele dizia,
o que vinha, o que tinha para o ofertar
Ofereceu muito dinheiro
mas a vida eterna não tinha direito
já estava vendo não era o herdeiro
Vou escutar o próximo a me ofertar
Apresentou-se a multidão
e disse que era o mestre o autor da salvação
Vou transformar a casa em um casarão
onde o espirito santo é quem vai morar

Sem pá, sem colher, sem cimento
me reformou toda por dentro
ligou a luz, tirou a vela
abriu a janela pra entrar o vento
O vento tirou a sujeira
limpou a poeira, ligou a lareira
O vento não pode pôr fogo em madeira
Mas o agir do espirito
Trabalha bonito sem ninguém entender
E esse vento está passando em casa derrrubada,
casa estragada, casa abandonada
Não presta pra nada
Onde o homem olha e diz: Nem quero ver

Vai ter que ver Deus agir na tua vida
de casinha velha pra casa bonita
Esse milagre ele vai ter que ver

Vai ter que ver Deus fazer acontecer
De casinha velha agora ser
Morada de Deus!

12.480 exibições
Ver mais fotos

Comentários


Quem curte?
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais