exibições 88.648

Dia 9 de abril de 1999 Charlie Brown Junior disco dois
União e paz. Do lado leste da periferia de São Paulo
DRR São Matheus pra vida, HC, CH, DMC homens crânios
Charlie Brown Junior, Radjja de Santos (Silêncio)

Diretamente pra vocês
Entrei em cena qual é o problema?
Do hip hop, do reggae, do ragga, do rock, não tem stop
Passando a mensagem pros manos, nada de engano
Só proceder, a nossa firma é forte e você pode crer
Sou anti paga pau, meu dilema nacional
Me apresento sou Radjja da familia Charlie Brown

Eles não entendem, não vão descobrir
Dominado pela má vontade
Tire esse cara de perto de mim
Não compare o que tu faz não peça pra ninguém
Ninguém vai consumir
Não se queixe da falta do peixe
Não deixe o mar te engolir yeah

É HC que chega assim que chega pra manter a letra
Letra é A a banca é classe A, aqui quem fala é HC
HC, HC, HC, HC, revolucionário a letra fica pra você
Não perde o clima o crime é o crime crime é organizado
Do lado leste HC revolucionário contra
A burguesia que nos aponta como marginal
Homens criminal mentes criminal
Lavagem cerebral morte cerebral
Sistema central cerebral
É trilha sonora do gueto de leste oeste norte sul
O negro De menos crime, sou sobrevivência
Olha a carência

Por aqui, por alí, só sangue que se vê
Resulta a periferia quem não acredita
Confira quem não acredita
Confira para ver para ver

Não tem flagrante não, não tem flagrante não
Já bolou acendeu virou fumaça
Subiu prá cuca Fim do Silêncio, De Menos Crime
Não deixa a goela
Malandro que é malandro
Sempre segue o ritmo da favela
E daí como é que é?
Ha, Ha, Ha, fogo na bomba
Bebida, química, nada disso ameniza
Prefiro ficar na brisa
Sem desarrumar
1, 2, passa a bola ladrão quer fumar
1, 2, sem marcar, rapaziada firmeza
Queima o seu e fica a pampa.
Sem armas sem drogas

0 comentários
Terra Música feedback