Diário de Um Boêmio

Chico da Silva

exibições 15.768

CHICO DA SILVA - DIÁRIO DE UM BOÊMIO


Eu canto pra vocês,
a melodia de um grande amor, que mais de uma vez,
se transformou, em uma grande dor
o meu passado inteiro dá um romance quem o escrever
irá ganhar dinheiro e muita fama pra dar e vender

Eu canto, canto
minha vida, meu destino meus amores figurados
e os pecados de um poeta abandonado
estou cantando o meu passado
recheado de ilusões

REFRÃO 2X
Aonde estava a boêmia lá estava eu
sempre levado pelo braço de um violão
até que veio a nostalgia pra fazer morada
no meu coração

2ª PARTE
Eu canto, canto
a canção que eu fiz pra ela
numa linda primavera estação primeira
minha musa era ela e por isso meu poema
eu a ela dediquei

Eu gostaria
meu desejo derradeiro de cantar o ano inteiro
quer em prosa ou poesia
de noite é dia cantaria essa saudade
do alguém que mais amei

REFRÃO 2X
Aonde estava a boemia lá estava eu
sempre levado pelo braço de um violão
até que veio a nostalgia pra fazer morada
no meu coração

Terra Música feedback