Letras de músicas - Letras.mus.br

LÁ NO VELHO OESTE O NOSSO SOM É PROIBIDO
NA TERRA DE HERÓI NÓS SOMOS OS BANDIDOS
SEM BOTA DE COWBOY VOCÊ NÃO É DE NADA
SEM CHAPÉU DE COWBOY NÃO AGARRA A MULHERADA

COWBOY, COWBOY
ME DIZ COMO FAZÊ
QUANDO EU CRESCÊ
QUERO SER QUE NEM VOCÊ

EU VENHO DA GALERA ASSOMBRANDO O DESERTO
NINGUÉM ME DIZ NADA SE ESTÁ LONGE OU SE ESTÁ PERTO
EU SINTO A BATIDA GALOPANDO UM PANGARÉ
ENTÃO DANCE ESSE SOM, DIZ AÍ COMO É QUE É

REFRÃO

ESPORA ENFERRUJADA E CELA ESGAÇADA
COM A CRINA EMBARAÇADA MEU CAVALO É UMA PARADA
PINDURO NO PESCOÇO FERRADURA PRA DÁ SORTE
EU DANÇO NO SALÃO, O FUNK É MEU ESPORTE

REFRÃO

NÃO AGUENTO MAIS ESSE SOL NA MINHA CABEÇA
GOSTO DE GATINHA, DE SOMBRA E ÁGUA FRESCA
SE ELA FAZ MEU TIPO E OLHA PARA O LADO
EU ZÔO DE MONTÃO COM SEU LINDO REBOLADO

REFRÃO

"TROPA DE COMBATE NO MEIO DO SALÃO
PARA SER COWBOY NÃO PRECISA SER BRIGÃO"

  • Enviar legenda
  • Cifra
  • Ouvir música
  • Fotos
  • Vídeos
  • Imprimir
  • Corrigir
  • Enviar letra para...
18.711 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais