Letras de músicas - Letras.mus.br

LÁ NO VELHO OESTE O NOSSO SOM É PROIBIDO
NA TERRA DE HERÓI NÓS SOMOS OS BANDIDOS
SEM BOTA DE COWBOY VOCÊ NÃO É DE NADA
SEM CHAPÉU DE COWBOY NÃO AGARRA A MULHERADA

COWBOY, COWBOY
ME DIZ COMO FAZÊ
QUANDO EU CRESCÊ
QUERO SER QUE NEM VOCÊ

EU VENHO DA GALERA ASSOMBRANDO O DESERTO
NINGUÉM ME DIZ NADA SE ESTÁ LONGE OU SE ESTÁ PERTO
EU SINTO A BATIDA GALOPANDO UM PANGARÉ
ENTÃO DANCE ESSE SOM, DIZ AÍ COMO É QUE É

REFRÃO

ESPORA ENFERRUJADA E CELA ESGAÇADA
COM A CRINA EMBARAÇADA MEU CAVALO É UMA PARADA
PINDURO NO PESCOÇO FERRADURA PRA DÁ SORTE
EU DANÇO NO SALÃO, O FUNK É MEU ESPORTE

REFRÃO

NÃO AGUENTO MAIS ESSE SOL NA MINHA CABEÇA
GOSTO DE GATINHA, DE SOMBRA E ÁGUA FRESCA
SE ELA FAZ MEU TIPO E OLHA PARA O LADO
EU ZÔO DE MONTÃO COM SEU LINDO REBOLADO

REFRÃO

"TROPA DE COMBATE NO MEIO DO SALÃO
PARA SER COWBOY NÃO PRECISA SER BRIGÃO"

18.588 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais