Letras de músicas - Letras.mus.br

Os Palhaços Sem Sorriso

Consulado Negro

Adivinha quem chegou os lokos os rimador
Linha de frente no combate, bombardeia o opressor
Pode crer assim eu vou po isso que eu sou
Terror Revolta Armada jhow um transgressor

o só um combatente um favelado que não implora
Que não treme pro inimigo e não tremeu até agora
Dinheiro compra tudo até você seu porco imundo
Sua vida te rouba sua paz e te arrasta até seu tumulo

Compra seu discurso até o seu futuro
Seu presente o seu passado
Compra até seu triste mundo
Mais aí não to a venda e para vocês eu não me curvo

Mais cipá de matraca de repetente até te ajudo
A encontrar então seu rumo do inferno em 1 segundo
Se não vai sentir nada a não ser no corpo os furos

Governo sem futuro que corrompe e rouba tudo
Que só pensa no poder para imperar e mandar no mundo
Guerras por minuto várias vidas acabadas
Por causa desses vermes famílias são separadas

Na guerra do conformismo sem ter nada só motivo
De ser um favelado convivendo com o racismo
Nessa merda de abismo falsidade sem destino
Terror Revolta Armada os palhaços sem sorriso

"Vem, vem, vem ver com é que é
us terroristas a solta, os palhaços tão de volta
Vem, Vem, Vem ver como é que é
A quebrada ta em pânico os moleque com revolta"

É nois memo que chegou o terrorevolatarmada
Os loko do Embu os palhaços que não dá risada
que Bate de frente com toda burguesia
Foda-se o seu sistema e sua hipocrisia

Da zona sul a norte da zona leste a oeste
Eu vejo trabalhador passando fome no nordeste então
Vem que vem aqui não pru ce
a rota mata memo não importa o proceder

Se é ladrão, trabalhador, não importa sua cor
Passou do horário moscou é um abraço morô

Fazem tudo por dinheiro dão pelo dinheiro
Se fodem pelo dinheiro o Brasil virou um puteiro
Dessa merda pode crer os loko aqui não é herdeiro
Humildade qualidade aqui é o rap verdadeiro

Com ódio com amor contra a discriminação
Invadindo a classe média como as larvas de um vulcão
A polícia mata memo isso é real não é ficção
Não é cena de Hollywood as flor as vela e o caixão

E ae gambé por que me para? Sua paz ta enforcada
Aqui é terrorismo é só reflexo dessa pátria
Onde corrompe, estupra e mata, onde derrubam e só atrasam
Onde o progresso é só regresso e o futuro é só quadrada

"Vem, vem, vem ver com é que é
Os terroristas a solta, os palhaços tão de volta
Vem, Vem, Vem ver como é que é
A quebrada ta em pânico os moleque com revolta"

Mas puta que pariu barato é loko sangue bom
Olha só o Consulado sempre na disposição
Anti paga-pau esse é nosso lema
E aí soldado fardado cuzão robozinho do sistema

Com nós se não guenta cadê seu argumento?
Deselegante zoando onde é que tá o respeito?
Só merece o desprezo assassino profissional
polícia corrupta soltado fardado do mal

E o futuro do país aos poucos ta morrendo
Com drogas com armas no crime se envolvendo
Os moleque tá crescendo chegou a sua vez
Ontem empinava pipa hoje porta um G-3

Quer uns pano descente ser tratado como gente
E não chutado como lixo pelos incompetentes
Então tio fica ciente o mundo roda, roda e roda
Você sonha a vida inteira e não tem nada quando acorda

A quebrada ta em pânico os moleque com revolta
Os preto só é bom cantando ou jogando bola?
To cansado dessa bosta olha para minha cara
Sou terror sou um palhaço e não to dando risada

Composição: Junior, Dênio e Luiz · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Junior
1.381 exibições
Ver mais fotos

Comentários


Quem curte?
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais