De Madrugada

Creuza Ferreira

exibições 874

De madrugada, eu levanto para orar
Sinto que alguém pertinho de mim está
E este alguém eu posso reconhecer
É meu verdadeiro amigo
Que vem me socorrer
E este alguém eu posso reconhecer
É meu verdadeiro amigo
Que vem me socorrer

Ouço uma voz bem pertinho de mim
Dizendo "Pede o que quiseres, que eu estou aqui"
E, sem sentir, eu começo a chorar
Em línguas estranhas falar
Sinto o poder de Deus
E, sem sentir, eu começo a chorar
Em línguas estranhas falar
Sinto o poder de Deus

Ao levantar, eu me sinto reforçada
Sinto mais forças pra seguir minha jornada
Em minha lâmpada, mais uma gota pingou
Do óleo santo do Senhor para me ungir

0 comentários
Terra Música feedback