Fecha a Porta e Vai

Cupidos do Forró

Não vou mais fazer de conta que estou bem
Você nunca aprendeu amar ninguém
Me cansei de sempre tentar mais uma vez
Estive mal, mas hoje consigo superar
As mágoas que com o tempo vão
Não vou me humilhar

Pode fazer o que quiser, eu não vou mudar
É meu jeito de ser, não farei o que quer
Admito não, se o melhor é o fim
Chega, feche a porta e vai.

Não consigo acreditar que existe alguém
Que vai te amar e suportar tudo que passei
E escutar as ameaças que você me fez
Não é legal, você precisa saber a amar
Se realmente quer partir, não vou me humilhar

Pode fazer o que quiser, eu não vou mudar
É meu jeito de ser, não farei o que quer
Admito não, se o melhor é o fim
Chega, feche a porta e vai.

Você sempre me fez de boba
E me tratou como uma tola
Mas dessa vez não vou acreditar
Eu sei que não sou perfeita
Mas isso não dá o direito
Você precisa aprender a amar
Chega de dizer que vai embora, feche a porta e vai.

Pode fazer o que quiser, eu não vou mudar
É meu jeito de ser, não farei o que quer
Admito não, se o melhor é o fim
Chega, feche a porta e vai.

Composição: Carlos Vinícius Nóbrega de Sá · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Banda
6.449 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais