Rumo da humanidade

Daniel e Samuel

exibições 6.901

Hoje eu parei pra entender, o rumo da humanidade.
Porque já chorei ao ver, a face da crueldade.
Os homens prendem o amor e semeiam a maldade
Depois colhem com fartura a dor e a infelicidade
Nas escolas encontramos também a brutalidade
Crianças estão aramadas cometendo atrocidades
E difícil passear pelas praças da cidade
Gente boa vive presa e o preso em liberdade
A segurança do mundo meu Deus que fragilidade
O mal age em segundos com muita facilidade
Aviões derrubam prédios trazendo estabilidade
Quem é ruim consegue fama e vira celebridade
As crianças são roubadas dentro das maternidades
Depois são negociadas sem pena e sem piedade
Os traficantes de órgãos agem sem dificuldade
A vida perdeu o preço meu Deus que barbaridade
Os nossos representantes pra dizer mesmo a verdade
Não são todos confináveis, pois faltam sinceridade.
Alguns estão no poder massacrando a sociedade
Estão com a chave dos cofres e assim tiram a vontade
É difícil encontrar nos homens dignidades
É vergonhoso falar que existe honestidade
A juventude caminha no seio da vaidade
Em revistas e jornais se encontra vulgaridade
Temos que chegar a Deus e buscar a santidade
Pois somente ao lado seu se encontra felicidade
Mesmo no meio das trevas demonstrar fé e bondade
Pra morar com Jesus Cristo pra sempre na eternidade.

0 comentários
Terra Música feedback