Letras de músicas - Letras.mus.br

Cada um por si, todos por nenhum
Não param pra pensar por momento algum
Fruto da vaidade, terra de ninguém
Ideias pela metade, passatempo de alguém

Pra que tanta evolução
Se o crescimento sempre fica para trás
E o mundo me diz "não"
Mas ainda existe alguém oferecendo paz

E esse alguém sou eu, não me diga adeus
Eu sei bem aqui dentro que você não me esqueceu
Então abra os seus olhos e olha para mim
Eu morri numa cruz, por você ressurgi
Abri mão de mim mesmo, siga-me

Tanta coisa pra falar, tanta coisa pra mudar
Não quero querer, nem quero ter
Só quero ser o teu querer
Ah, quero Te servir, vem me conduzir
Em meio ao meu deserto vem como nuvem me guiar

Nem preciso mais saber
Pra onde vou ou quanto tempo ainda falta pra chegar
Pois eu sei de alguém que encontrou o seu lugar

E esse alguém sou eu, não direi adeus
Eu sei bem aqui dentro que o Senhor não me esqueceu
Então abre os meus olhos pra que eu possa ver
Quero ver teu amor refletido em mim
Abro mão de mim mesmo, guia-me

Composição: Daniela Araújo / Leonardo Gonçalves · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Admiradores
Legendado por lolabio21 e outras 2 pessoas.
336.833 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais