Letras de músicas - Letras.mus.br

Rima Com Rima

Detentos do Rap

Rima na rima que o som é pra firma
a valsa acabou e não é baile de debutante
som de errante, assim querem
me rotular não, só vo defender
como também vou revidar
mais nem tudu que aqui chega desce como sopa
por isso que nem tudo que vou mandar vai ser polpa
rasga o verbo e vem do meia volta I vai
a firma se idéia tem ou falei que não e sai
eu mando o que penso i a voz transimite
se a mim chegou aposte que vai ter revide
eu disse falo comentam a violência
sequestro a dança falam do terror que se aloja
na cidade mais na periferia nunca foi novidade
é so tormento o pobre nunca teve justiça
e quando morre vira um numero em pesquisa
sim já convivemos com isso há muito tempo
o que pra muitos agora é tormento
quando nom é morto aqui morre de fome se ficar o bicho
pega
i se correr o bicho come aqui quando morre o grito fica
mudo
só ouvido se mexe com pexe graudo
filhinho de papai hoje cai em bebedera fumando crack
injentando na veia
explicito mostrado em televisaõ fazendo a sociedade
busca solução
criando normas revendo seus conceitos
fazendo o que já devia ser feito mais
foi necessario playboy você se viciar para poder com
otros olhos o gueto inxerga
musicalmente detentos vem falando cobrando se preciso
e as vezis se impondo
ah tempos que já mostramos essa causa
onde o pobre era sempre o alvo central
mais seja bem vindo pra sabe o que age
nte sente é chego a hora também de se sentir
impotente

o que sopra aqui sopra la, o choro não é um só a
lágrima não é a msma
problema que da nó sem melhor ou pior mais o que vem do
pó retorna ao pó maluco é um só
independente d quem pira assim o mundo roda assim a roda
gira
a dor não tem a patrão i nem a morte forma fila

Tanta hipocresia imoralmente no ar quando não é
excessão i nu gueto foge a regra o problema era da
baixa classe social sempre tratada de uma forma banal
mais quando na real

se percebe ameaça dexa de ser um problema só da massa
quando pra festa se não tá
incluido dexa de observa olha o seu proprio umbigo se
morre tem um nome já é glorificado

destaque em jornal sempre homenageado o filme na tv
sua história é contada para hollywood não dexa d ver a
nada mais se qué história de verdade vem aqui pra
conhecer os verdadeiros

mark o cara que luto, dando educação a filha ou
aqueli que morreu defendendo a familia
tem muitos que não liga se exite o mal tempo
sai de magrugada atrás do seu sustento escuta aqui não
daria nem um flash
não caíriam o valor que se merece um pouco de
respeito sim a gente gosta
valor pra quem carrega o nosso Brasil nas costas
periferia é a naçao que constroi
sobreviventes os verdaderos heróis esse é uim pais de
um preconceito social
banalizado regado a moral
cheio de custume regras i sistema vive na periferia o
seu maior problema mais
com precisaum eu imprego minha rima
c exsite um culpado certo
que vem d cima mais os governant nm age direito mi
diga intm
porque merece o nosso respeitoo se quem tem o poder
age errado o tempo todo fazendo favorecimento a moeda
de troco
a corrupção diz que é inamidicivel mais quem sempre roba
vira homem invisivel é i nu final
d quem é cobrada a festa somos nós que pagamos com a
mira na testa.

12.144 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais