Letras de músicas - Letras.mus.br

Feliz Natal

Dígnos

Doze toques deu meia noite feliz natal
Traz minha lembrança pra perto da maca do hospital
Ensangüentada ocupada por um cadáver
Não resistiu infelizmente então chama o padre
Boa comida em cada casa e uma oração singela
Infelizmente na favela a noite não é bela
Não tem alegria só desgraça compartilhada mutuamente
Felicidade é conquistada com 13 no pente
Cores vermelho preto e branco não é o bom velhinho
É uma barca com sirene repleta de assassinos
Vieram buscar sua lembrança recordação
Extorção não pagou seu presente é um caixão
Seu banquete ta servido prepara a mesa
Arroz azedo é só chegar ta tudo na lixeira
Não se esquece do vinho a beira da lareira
Sacia sua dor ao lado da fogueira
Papai Noel onde está o meu brinquedo
Eu só sinto alegria proporcionando o medo
Na minha árvore não contém o sino de Belém
Tem o fruto do meu sorriso pendurei o dedo do refém
Feliz natal a todos moradores da periferia
A dor o ódio suprem a ausência da alegria
Minha noite vai ser repleta de lágrima desespero
Presenteando minha mãe com o meu próprio enterro

REFRÃO 2X

Papai Noel se foi noite repleta de desgraça
Pega uma quadrada enquadra alguém mata
Cometa um latrocínio tenha o que sempre quis
25 de dezembro um natal feliz

Papai Noel não trouxe presente ficou triste comigo
Homicídio latrocínio não fui um bom menino
Que pena não vou ganhar o sonho tão almejado
Uma quadrada cromada com silenciador acoplado
Felicidade é obtida com sofrimento alheio
O trenó com presentes esse ano não veio
Não vi comida cara nem abertura de champanhe
Pega o ferro vai pro abate e que Deus o acompanhe
O que será que tem naquela caixa com embrulho
Por que será que o do farol terminou no túmulo
Sofrimento pra uns pobre no necrotério
Alegria pra outros decoração do presépio
Outra criança abandonada jogada no lixo
Essa é a solução infelizmente o destino
No desespero maior a faca é inevitável
Não quis foi sem querer outro filho abortado
Pra que sonhar procurar outro caminho
Nessa bosta de data não ganhei nem um carrinho
A dor a decepção será que sou tão insensível
Eu só queria abraçar alguém extinguir a ausência do carinho
Mas é difícil nem dá isso não vai acontecer
Talvez eu encontre a tal da paz se eu morrer
É impossível acreditar não tenho como lutar
Uma vez na vida eu gostaria de sonhar

REFRÃO 2X
Papai Noel se foi noite repleta de desgraça
Pega uma quadrada enquadra alguém mata
Cometa um latrocínio tenha o que sempre quis
25 de dezembro um natal feliz

Fogos de artifícios decoram o céu nublado
Mas aí deu meia noite e eu não ganhei nenhum abraço
Ninguém veio me trazer a porra de uma taça
Meu brinde foi coroado com sangue e lágrimas
Ninguém veio me oferecer um prato de comida
Ninguém veio ao meu lado ler uma parte da bíblia
Jesus meu Senhor cadê tua compaixão
Não quero minha mãe comprando flores pro meu caixão
Eu fecho os olhos e vejo um futuro promissor
Sem rancor sem ódio sem mágoa sem dor
Abro os olhos vejo a merda da realidade
Descaso a conseqüência são rastros de maldade
Então cadê a perspectiva a droga do amor
Não quero que a lembrança do natal seja a mote do doutor
O menor de idade conseguiu sua bicicleta
Passa a bike resistiu POW cabeça aberta

  • Enviar legenda
  • Cifra
  • Ouvir música
  • Fotos
  • Vídeos
  • Imprimir
  • Corrigir
  • Enviar letra para...
134 exibições
Ver mais fotos

Comentários


Quem curte?
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais