Baile

Djavan

exibições 6.704

Tarde tramando a noite
Luz e trevas no ar trocando beijos
Atração de Azougue
Guiando a carruagem do desejo
Pra resultar num luar talvez

Que eu espero tão claro
Quanto o sonho de ter você comigo
Dia dos namorados
Há de te receber em meu abrigo

Ginseng, ópio, coisa de acender
Não tem poder de me ligar

Um beijo seu pode muito mais
Faz a cena mudar, acender

A cidade para o baile que é você
Minha amada, minha estrada, meu viver
A saudade vem dos mares

Densa como uma nuvem
Decidida a cobrir toda a cidade
Penso em ti, me dá medo
Não suporto um dedo de saudade
Pra te esperar eu vejo TV

Dizem que a "Nova Era"
Trará algo de bom pro mundo inteiro
No jornal da TV
Mais um homem recua por dinheiro

Ginseng, ópio, coisa de acender
Não tem poder de me ligar

Um beijo seu pode muito mais
Faz a cena mudar, acender

A cidade para o baile que é você
Minha amada, minha estrada, meu viver
A saudade vem dos mares

Sonho, odisséia, magia, lógica, poesia, dor,
Éden, unidade, alegoria, toque, amplidão, semente,
Linguagem, alimento, futuro, aura, espelho, via,
Eterno, átomo, matéria, nada, arte, tudo somos

Na insanidade exata do amor!

Terra Música feedback