Amorticídio

Erasmo Carlos

exibições 447

Primeiro foi o sexo
Que ardeu até o moço
Escardeceu o sangue
Queimando minha alma

Não existe amor moderno
Nessa visão de inferno
O amor não é nada disso
Mais é culpado disso

Depois veio o ciume
Minando meu sossego
Jogando meus neurônios
Gastando minha paz

Não existe amor moderno
Nessa visão de inferno
O amor não é nada disso
Mais é culpado disso

E onde estavam todos
Do inicio desse mundo
Talvez pra onde irão
Os que aqui estão
Quem inventou o amor
Por certo já sabia
Que quanto mais agente amasse
Mais sofreria

E agora a solidão
E a dor do amor bandido
A praga da razão
A morte do juízo

Amor-ticídio

0 comentários
Terra Música feedback