Filho Único

Erasmo Carlos

exibições 38.455

Ei, mãe, não sou mais menino
Não é justo que também queira parir meu destino
Você já fez a sua parte me pondo no mundo
Que agora é meu dono, mãe
e nos seus planos não estão você
Proteção desprotege
e carinho demais faz arrepender
Ei, mãe
Já sei de antemão
que você fez tudo por mim e jamais quer que eu sofra
Pois sou seu único filho
Mas contudo não posso fazer nada
A barra tá pesada, mãe

E quem tá na chuva tem que se molhar
No início vai ser difícil
Mas depois você vai se acostumar.

Composição: Erasmo Carlos/ Roberto Carlos · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Mandy, Legendado por blackops
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música feedback