Letras de músicas - Letras.mus.br

A Bactéria FC

Facção Central

[Eduardo]:
Fala pra vaca da sua filha cancelar o ecstasy,
não vai rodar a banca com meu som na festa rave.
O rap concebido em sampler de sangue,
não é trilha pra bisneto de dono da casa grande.
Tira o zóio do impala, engasga seu freestyle,
pula de manga larga, não no nosso low rider.
Toca preta, camisão xadrez, calça larga,
é medalha de honra a o mérito da quebrada.
Nossa cultura não é moda da Yves Saint Laurent,
pra ta no cliente do táxi aéreo da TAM.
Enquanto visto no necrotério meu parente costurado,
sua estória triste foi a morte do peixe dourado.
Vocês tem faculdades, adestraram os robocops,
mais seu carro forte não compra meu hip hop.
Dou a vida pra cantar meu verso proibido,
nasci pro carimbo de insolúvel do DP de homicídios.
No Deic o corno vai gritar, caralho, filho da puta,
eletrocutei suas bolas e a ideologia não muda.
Vim pra por no whysk a elefantíase, o leproso,
implorando com a receita a moeda do seu bolso.
O estudante que assina e da o documento do carro,
pro Denarc não forjar participação no trafico.
Sente a radiação FC, via onda sonora,
é a mais letal das armas biológicas.

[refrão 2x]:
Não adianta blindar carro, por vigia na porta,
seu pior inimigo ataca via onda sonora.
Os decibéis da nossa dor vão estourar seu tímpanos,
vim pra por estricnina no seu whyskie envelhecido.

[Dum Dum]:
Aí multinacional, não adianta insistir,
seu dólar não transforma Facção em Kelly Key.
Quero o topo da Billboard, o Grammy, o planeta,
não com o cu de Harley Davidson cantando minha letra.
Warner, Sony Music, vão se foder,
enfia no rabo a Bervely Hills que cês tem pra oferecer.
Liga cu que paga de N.W.A., gangsta,
mas tem a ideologia da Harmonia do Samba.
Não abro garrafa de cristal na piscina aquecida,
com rolex, ouro branco cercado de vadia.
Nasci pra entrar quando abrir a garagem do prédio,
vai ministro dá as jóias e a chave do Audi zero.
Se não fosse autodidata em cultura marginal,
tava algemado na maca no corredor do hospital.
Respiro pólvora, canto sangue, não existem dias felizes,
todo pobre é um Kunta Kinte estrelando seu Raízes.
Herdeiro sangue azul eu não subo no seu palco,
pra mim 100 mil playboy não vale um favelado.
Honro o Facção na pele sofrida
que não sabe o que é justiça, corregedoria.
Me proclamei sonoplastia do que incendeia o coletivo,
com a profissional do filho que o PM matou a tiro.
Deus não deu Neston e Pamper´s, não me quis universitário,
deu uma mãe faxineira pra eu ser revolucionário.

[refrão 2x]:
Não adianta blindar carro, por vigia na porta,
seu pior inimigo ataca via onda sonora.
Os decibéis da nossa dor vão estourar seu tímpanos,
vim pra por estricnina no seu whyskie envelhecido.

[Dum Dum]:
Minha calçada da fama tem cadáver com jornal,
o flash não é da Caras é do repórter policial.
A coletiva não é pra Veja, Isto È,
é pro choque que quebra o cacetete na sola do meu pé.
Meu camarim não tem frutas da época, toalha branca,
tem enforcamento pra ter mais espaço na tranca.
Sou a trilha do ambulante com os Free contrabandeado,
em fuga do rapa na 25 de Março.
Da mulher que sonha com um bolo da padaria,
pra cantar parabéns pra sua filha.
Da tia iluminada pelo giroflex da polícia,
com o corpo do marido esperando a perícia.

[Eduardo]:
Devia ter um controle interativo na televisão,
pra botar fogo no Projac, na Xuxa, no Faustão.
Se eu seqüestro o Silvio Santos peço de resgate,
o Ratinho, o Gugu, num foguete pra marte.
Seu personagem de malhação prega o diploma na parede,
os meu mata os gambé da blazer pra catar os coletes.
Quero que o boy digerindo meu rap sinta o gosto da morte,
o gosto do pão do lixo da barraca de dog.
Não quero o rol da fama, quero o grupo dos eternos,
ser lembrado igual Tupac, isso que é sucesso.
O cão pode morder que a caravana não para,
sou a gota d'água estremecendo o deserto do Saara.

[refrão 2x]:
Não adianta blindar carro, por vigia na porta,
seu pior inimigo ataca via onda sonora.
Os decibéis da nossa dor vão estourar seu tímpanos,
vim pra por estricnina no seu whyskie envelhecido.

Composição: Eduardo · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Adriano
Legendado por vitor.neres.9 e j4p4k4bul0s0
  • Legenda
  • Cifra
  • Ouvir música
  • Fotos
  • Vídeos
  • Imprimir
  • Corrigir
  • Enviar letra para...
131.721 exibições
Ver mais fotos
  1. Desculpa, Mãe
  2. Castelo Triste
  3. Eu Não Pedi Pra Nascer
  4. Estrada Da Dor 666
  5. 12 De Outubro
  6. Hoje Deus Anda De Blindado
  7. O Menino do Morro
  8. Versos Sangrentos
  9. A Marcha Fúnebre Prossegue
  10. O Rei da Montanha
  11. Roleta Macabra
  12. Aonde O Filho Chora E A Mãe Não Vê
  13. Apologia Ao Crime
  14. Isso Aqui É Uma Guerra
  15. O Espetáculo Do Circo Dos Horrores
  16. Cartilha do Ódio
  17. A Bactéria FC
  18. Anjo Da Guarda Vs Lúcifer
  19. Sei Que Os Porcos Querem Meu Caixão
  20. Abismo Das Almas Perdidas
  21. Aparthaid No Dilúvio de Sangue
  22. Espada no Dragão
  23. O Circo Chegou
  24. O Homem Estragou Tudo
  25. Brincando De Marionete
  26. Pacto com o Diabo
  27. A Guerra Não Vai Acabar
  28. Discurso Ou Revólver
  29. Outro Caminho
  30. Front de Madeirite
  31. Favela Sinistra
  32. Colecionador de Lágrimas
  33. A Minha Voz Está No Ar
  34. Mulheres Negras
  35. Sem Luz No Fim do Túnel
  36. Sem Limites
  37. Pomba Branca
  38. Justiça Com As Próprias Mãos
  39. Conversando com os mortos
  40. A História de Um Traficante
  41. Dias Melhores não Virão
  42. Dia dos Finados
  43. Vida Loka Tambem Ama
  44. Livro de Auto Ajuda
  45. Homenagem Póstuma
  1. Sonhos Que Eu Nao Quero Ter
  2. Um Gole de Veneno
  3. Alcatraz
  4. Assalto A Banco
  5. Proteção
  6. A Capela Dos 50.000 Espíritos
  7. CNN Periferica
  8. Bala Perdida
  9. De Mãos Dadas Com O Inimigo
  10. País do Futebol
  11. Prepara As Algemas (part. Facção Central)
  12. Cortando o Mal Pela Raiz
  13. Pesadelo do Sistema
  14. A Vida Ensina
  15. Um Grito de Socorro
  16. Detenção Sem Muros
  17. O Show Começa Agora
  18. Chico Xavier do Gueto
  19. Tecla Pause
  20. Memórias do Apocalipse
  21. A Cor
  22. Eu To Fazendo o Que o Sistema Quer
  23. Enterro De Um Santo
  24. 765 Motivos Pra Morrer
  25. Resgate
  26. Sonhei Com O Céu
  27. São Paulo - Awshvitiz Versão Brasileira
  28. A paz está morta
  29. Vidas Em Branco
  30. Lágrimas de Sangue
  31. Mundo (part. Sérgio Saas)
  32. Aqui São Teus Cães
  33. A Cidade É Nossa
  34. Carnificina
  35. Aperte O Gatilho Por Favor
  36. Dia Comum
  37. No fim não existem rosas
  38. Estamos de Luto
  39. O Passageiro da Agonia
  40. Não Quero Ser o Próximo Defunto
  41. No Trilho Do Vale Da Sombra
  42. Eu queria mudar
  43. Nada É Mais Como Antigamente
  44. Em Nome Da Honra
  45. Aqui Ela Não Pode Voar
  1. Mensagem ao Céu
  2. Introdução
  3. Reflexões Do Corredor Da Morte
  4. Quando Eu Sair Daqui
  5. O Pesadelo Prossegue
  6. Pavilhão Dos Esquecidos
  7. Quando É Que Vão Olhar Pro Inferno
  8. Feridas leves
  9. A Paz é uma Pomba Branca
  10. Pilantras
  11. IML
  12. Espetáculo do Circo Dos Horrores
  13. Vão Ter Que Algemar Meu Cadaver
  14. Finalização
  15. Nós Por Nós
  16. De Encontro Com A Morte
  17. Tensão
  18. A Mil Anos Luz da Paz
  19. Prisioneiro do Passado
  20. Vozes Sem Voz
  21. O Que Os Olhos Veem
  22. Observando o Rio de Sangue
  23. A Informação É a Luz
  24. A Malandragem Toma Conta
  25. Estratégia
  26. No Fim Não Existe Rosas
  27. Interlúdio
  28. Um Mundo Melhor
  29. Artista Ou Não
  30. O Poder Que Eu Não Quero
  31. Roube Quem Tem
  32. Sangue, suor e lágrimas
  33. O Pavilhão Dos Esquecidos
  34. O Que o Sistema Quer
  35. Somos Assim (Juventude de Atitude)
  36. Um Lugar Em Decomposição
  37. Atrás das grades
  38. Não Dê a Sua Cara a Tapa
  39. Morte Sem Lembrança (part. A286)
  40. Fone maldito
  41. A Mil Anos Luz da Paz
  42. Pra Vocês Faccionários
  43. Vida Baixa
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais