Erva Rasteira

Falamansa

exibições 978

Erva rasteira, erva rasteira
Erva rasteira, erva rasteira

Erva rasteira nasceu prá ser pisada
Nasce, cresce, morre bem embaixo
Mas o homem que é homem de valor
Jamais se propõe a ser capacho

É covarde aquele que, caído
Não tenta jamais se levantar
Sente-se a tantos pés e ferido
Em lamentos se deixa acomodar

Se um dia ele tenta abrir a boca
Se vê sem direito de falar
Seu destino é viver bem rente ao chão
Até que ele venha lhe tragar

Erva rasteira, erva rasteira
Erva rasteira, erva rasteira

Erva rasteira é que pode ser pisada
Mas descuide e ela paga com espinho
O homem que é homem de valor
Se levanta e conquista seu caminho

Erva rasteira, erva rasteira
Erva rasteira, erva rasteira

Erva rasteira é que pode ser pisada
Mas descuide e ela paga com espinho
O homem que é homem de valor
Se levanta e conquista seu caminho

Erva rasteira, erva rasteira
Erva rasteira, erva rasteira

Sol vermelho é bonito de se ver
Lua nova no alto, que beleza
Céu de azul bem limpinho é a natureza
Em visão que tem muito de prazer

Mas o lindo pra mim é céu cinzento
Com clarão entoando seu refrão
Prenúncio que vem trazendo alento
Da chegada das chuvas no sertão

Ver a terra rachada amolecendo
A terra, antes pobre, enriquecendo
O milho pro céu apontando
O feijão pelo chão enramando

E depois ter a safra, que alegria
Ver o povo todinho num vulcão
A negada caindo na folia
Esquecendo das mágoas sem umbu

Belo é o recife pegando fogo
Na pisada do maracatu
Belo é o recife pegando fogo
Na pisada do maracatu

Terra Música
feedback