Sá Janaina

Fundo de Quintal

exibições 3.060

O mar, o mar
Deitou-se na areia e bem doce
Chamou Iemanjá

Quanto tempo que não se ouvia
A voz que cantava os mortais
E o mundo notícias queria da Rainha mãe dos Orixás
Atendendo a pedidos constantes o mar foi buscá-la afinal
Ela veio em troca de amantes e um novo enxoval

(Eu bem que lhe disse que o mar)
O mar, o mar
Deitou-se na areia e bem doce
Chamou Iemanjá

Meu São Jorge Guerreiro da Lua
Corre a terra deixando o quartel
Para ouvir a sereia butuca
Bajular o seu lindo Corcel
Lá na praia de Amaralina
A natureza acordou
Suplicando a Sá Janaína
Mil provas de amor

(Segredos do fundo do mar)
O mar, o mar
Deitou-se na areia e bem doce
Chamou Iemanjá

Terra Música
feedback