De repente o verde se pôs na estrada que andei outrora
Tive o pressentimento depois, não tive a chance de ver a aurora.
Se isso tudo é verdade prefiro acreditar que o mundo é perfeito
Mas quando se está dependente, não importa, não tem mais jeito.

Às vezes eu penso se vale a pena, apenas falar um fonema
E dar um telefonema? mais fácil escrever um poema.
Às vezes eu penso se vale a pena, apenas falar um fonema
E dar um telefonema? mais fácil escrever um poema.

Mesmo se o céu fosse azul e as estrelas brilhassem na noite
Como vou me iludir com você, sem que o meu pensamento me açoite.
Não me lembro ao certo se estive com você, junto, na tua cama
Quantas vezes pensei em sair, não importa, a gente se ama.

Às vezes eu penso se vale a pena, apenas falar um fonema
E dar um telefonema? mais fácil escrever um poema.
Às vezes eu penso se vale a pena, apenas falar um fonema
E dar um telefonema? mais fácil escrever um poema.
Eu penso se vale a pena, apenas falar um poema
E dar um telefonema? mais fácil escrever um fonema

Composição: Igor Fernandes · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Lucas
153 exibições
Ver mais fotos

Comentários


Quem curte?

Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais