Rock Bagual

Gaúcho da Fronteira

exibições 10.580

Esta mocinha cocota
Já pisou nas minhas bota
Nestes bailes de fronteira
Com seu vestido de prenda
Cheia de flores e renda
Era louca de faceira
Mas agora desgarrada
Já não anda engarupada
Sobre as anca do meu flete
Pois se perdeu por aí
Dentro duma calça Lee
Sempre mascando chiclete
Ô guria te endireita
Tu já ta uma moça feita
Pra bancar americana
Por causa do tal de rock
Tu vives em Nova York
Sem sair de Uruguaiana
Ela é cheia de fluflu
Pois não dança com xiru
Nem índio de calça larga
Vai vivendo colorido
Correndo fone de ouvido
E o radinho na ilharga
Passa por mim e acha graça
Quando me vê de bombacha
Faceiro que nem um tal
Diz que não curte com cuéra
E que só se liga nas fera
Deste tal rock bagual
Ô guria te endireita...
Anda arriscada em inglês
Suas tranças já desfez
Pra ficar mais importada
Quer passar por estrangeira
Mas é cria da fronteira
Lá das bandas de Charqueada
Me disse que quer um boy
Que se chama John ou Roy
E que tenha moto quente
Pois pretender dar o fora
À 180 por hora
Pra curtir lá nos state
Ô guria te endireita...
Vai no Passo de Los Libres
Toma alguma cuba livre
E fica cheia de recalque
Volta à noite de carona
E na ponte se emociona
Vendo a luz do Central Park
Só toma Coke, com xis
E repete que é feliz
Mas vive muito confusa
Mais pra lá do que pra cá
Tem direito de sonhar
Com esta vida Made in Usa
Ô guria te endireita...

Composição: Vaine Darde / Gaúcho da Fronteira · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Bruna
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
0 comentários
Terra Música feedback