Letras de músicas - Letras.mus.br

A Vida de Um Boiadeiro

Goiano e Paranaense

Igual fumaça das queimadas de agosto
Que o vento sopra e leva pra qualquer lugar
Eu tenho vindo de outras terras bem distantes
Nesse tordilho eu acabei de chegar.
A minha vida é uma estrada boiadeira
Muita poeira tenho sempre que enfrentar
Toco berrante conduzindo uma boiada
Mas a saudade é uma espora afiada
Que em meu peito vive sempre a machucar.

Boi... vai mugindo pela estrada
Que bonito essa boiada passo lento no estradão
Boi... vamos nessa estrada adiante
Sobre o toque de um berrante nas quebradas do sertão.

Se a minha sorte descamnbar na sertania
Terei saudade dos meus tempos de peão
Posso dizer que é grande o privilégio
Eu fazer parte da história do sertão.
Comendo arroz no sistema carreteiro
Na velha guampa bebo água do grotão
Se por acaso estropiar o meu cavalo
E o destino conseguir me dar um pialo
Eu vou embora mas cumpri minha missão.

8.605 exibições
Ver mais fotos

Comentários


Quem curte?
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais