Luz e Som

Guilherme Arantes

exibições 2.607

Vem, amor, ver o sol chegar
De trás
de uma cerração
Mais um dia
Que o mundo não parou de girar
Ninguém pôde deter a luz da vida
Nem cortinas nem pálpebras
que fechamos pra adormecer
Querendo voltar
à escuridão-mãe, e tudo esquecer
Outra vez o amor venceu
Amor, que é tão diverso, se irradia
E o mundo não parou de girar
Ninguém pôde deter o som da vida
O canto do passarinho
O apito da fábrica, o despertador
Ecoam num fim de sonho
que um outro sonho já começou
etão podemos dormir em paz...

Terra Música feedback