Felicidade Zen

Hanoi-Hanoi

A felicidade é zen
Ninguém compra
Ninguém rouba
Nem vende a ninguém

A felicidade é zen
Ninguém toma
Ninguém doa
Nem pede a ninguém

Não precisa fazer sacrifício
Nem disciplina de religião
Não cai do céu nem vem do paraíso
É uma ciência que não tem razão

Não dá barato nem conduz ao vício
Nada nela é artificial, não é eterna nem quer compromisso
É passageira como um temporal

É tão volúvel quanto o otimismo
Tão invisível como um deus qualquer
Nunca foi propriedade do homem
Muito menos coisa de mulher

É tão profunda quanto um abismo
Se vem à tona é como vulcão
É mais profana que o suicídio
E mais antiga do que a paixão

Composição: Arnaldo Brandão/ Tavinho Paes · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Wanderley
4.066 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais