exibições 16.734

Lágrimas agora
São a minha única oração
Gritos derramados
Mais que mil palavras, contrição
Pois só seus ouvidos
Entendem bem o dialeto estranho dessa minha dor
E os meus gemidos
Eu sei que doem no fundo do peito do meu redentor

Pode o temporal cair
E a tempestade castigar
Eu espero em Deus
Meu refúgio é Deus
Sei que já marcou a hora de me exaltar

E se o mundo quiser me derrubar
Quem eu mais amo me decepcionar
Deus é sempre o meu chão
Nada nunca é em vão
A dificuldade é só
A plataforma para minha fé decolar

Terra Música
feedback