exibições 736

BAHIA EM FESTA

Bahia, relicário do folclore nacional
Bahia, foste privilegiada
Recebeste engalanada
O príncipe D. João, com a corte real
No seio desta nobreza
Pontilhada de beleza
Ornada de flores e cetim
Surgiu a reguingada romaria
Em louvor ao Senhor do Bonfim
Bahia, que embalou
O sono de um Brasil infante

Da senzala ao salão mais elegante Vibrando de alegria, sinto-me
orgulhoso (bis)

Em te exaltar Bahia
Nas tuas feiras os famosos capoeiras
Ao som do pandeiro e do berimbau
Demonstram dançando e cantando
Que és de fato original
Beribá é pau, beribá é pau
Beribá é pau, de fazer berimbau (bis)
O ritual em homenagem a Iemanjá
Tem Iaô, tem Alabé, tem Ijexá
E pescadores que acompanham a procissão
Ornamentada com um grande arrastão
Agradecem as dádivas do céu
E proteção para a puxada do xaréu

Iemanjá Sobá, mora no Aiê-o
Iemanjá Camarô, mora no Aiê-o (bis)

Composição: aurílio da Penha Aparecida e Silva · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Ana Lúcia
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música
feedback