Samba Enredo 1986 - Um Jeito Pra Ninguém Botar Defeito (Agüenta Coração)

G.R.E.S. Imperatriz Leopoldinense (RJ)

exibições 1.022

UM JEITO PRA NINGUÉM BOTAR DEFEITO (AGUENTA, CORAÇÃO)

Despontou, ô ô ô
E faz ouvir ao longe o seu cantar (bis)
Ser feliz
É sempre amar, amor, Imperatriz

Um grito emana do povo
Os direitos são iguais
Brancos, negros, índios
Agitam a bandeira da paz
Desperta esperança
A vida acende, é luz, é cor
Surge nova era
O que passou, passou, ô ô
O que passou, passou

Vem brincar, amor
De um jeito tá (bis)
Que eu também tô

Vou cair na brincadeira
Rasgar de Norte a Sul
Vou pegar minha bandeira
Dançar o frevo e o maracatu
Quero ver, clarear

Agüenta, coração
Há verde e branco em minha vida (bis)
Meu futebol, meu carnaval
Minhas bandeiras na avenida

Composição: by Niltinho Tristeza, Guga, Jurandir e Tuninho · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Ana Lúcia
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música feedback