Letras de músicas - Letras.mus.br

Nascido da ditadura militar

Incesticida

Choques elétricos, sacos plásticos,
Afogamentos, pau-de-arara,
Não mais, não mais...
Em um país que já foi
Reinado, império e ditadura,
A democracia por quanto tempo perdura?
Será que ainda perdura?!?

Um golpe em 64
Desencadeando
Mais de vinte anos de atraso.

Assaltos a banco,
Embaixador sequestrado,
Arrecadando fundos
Pra guerrilha ser de igual pra igual.

Herzog entre outros torturados,
Bombas na OAB,
Gritos de diretas já
De ex-exilados.

O terror mesmo sendo do passado,
Não se pode esquecer a herança deixada
Pelo sangue derramado...


E os abusos seguem impunes
Juntamente as agressões
Investigar
Quando se procura sujeira
E os arquivos vão sumindo
Juntamente as explicações
Enterradas com os generais,
Delegados e carrascos como:
Castello Branco,
Costa e Silva,

Composição: Letra: Símy música: Paulo Vieira · Esse não é o compositor? Nos avise.
14.079 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais