Tipo Fiona

Inimigos da HP

exibições 863.330

Conto de fadas que começa na balada
Histórinha pra maiores, de uma princesa que tem pegada!

Sabe aquela princesinha antiga
Do tipo sempre passiva
Que acordava com um beijo
Pois é os tempos mudaram bastante
Nada mais é como antes
Ela é dona dos desejos

Sabe aquela coisa de princesa
Que deixava o sapatinho
História de Cinderela
Pois é, hoje ela deixa o telefone
Sorte do cara que saca e lembra de ligar pra ela

Vai pra balada
Dirige seu próprio carro
Chega de madrugada
É carinhosa, mas é mandona
Branca de Neve passou, a Cinderela ficou
Princesa agora é do tipo Fiona

Minha princesa bebe cerveja
Sobe na mesa e pira o cabeção
Cara metade, minha alma gêmea
Eu sou cachaça
Ela é o meu limão

Minha princesa bebe cerveja
Sobe na mesa e pira o cabeção
Cara metade, minha alma gêmea
Eu sou cachaça
Ela é o meu limão

Pensa num bixo invocado
Uma mulher de pegada
Muito parceira de festa, minha princesa bandida
O nosso conto de fadas começa numa balada
Foi Deus quem pôs essa mulher na minha vida

Composição: Faber Morais/jairinho Delgado · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por daniw, Legendado por Anna e letrasmusflavio
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música
feedback