Lágrimas de Crocodilo

João Carreiro e Capataz

exibições 74.558

Intransigente, inconsequente, prazer pro mal, caso sem solução
Não tem pudor, não tem valor, caso de amor com ódio e traição
Bem vulnerável, insaciável, fraca pras coisas ligadas ao mal
Prazer com dor, espinho e flor, idéias fúteis, baixo caráter etc e tal

Você abusou de mim, não conseguiu enxergar
Que eu era o cara certo, pronto pra te amar

Não adianta chorar, não adianta pedir
Você pode implorar, eu não vou desistir
Lágrimas de crocodilo, veneno de serpente
Pra mim não tem valor o passado da gente

De consciência tranquila, com a alma lavada
Sua chance passou, hoje não sinto mais nada
A sorte foi lançada e a vida continua
Se hoje te trato assim a culpa é toda sua

Bem vulnerável, insaciável, fraca pras coisas ligadas ao mal
Prazer com dor, espinho e flor, idéias fúteis, baixo caráter etc e tal

Você abusou de mim, não conseguiu enxergar
Que eu era o cara certo, pronto pra te amar

Não adianta chorar, não adianta pedir
Você pode implorar, eu não vou desistir
Lágrimas de crocodilo, veneno de serpente
Pra mim não tem valor o passado da gente

De consciência tranquila, com a alma lavada
Sua chance passou, hoje não sinto mais nada
A sorte foi lançada e a vida continua
Se hoje te trato assim a culpa é toda sua
Se hoje te trato asim a culpa é toda sua

Composição: João Carreiro · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por JUSIMIONI, Legendado por guim
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música feedback