exibições 932

Não sei se ela um dia volta
Nem porque se foi embora
O meu peito corcoveia
Todo cortado de espora
Nos meus sonitos e esperanças
Parceira do coração
Nos pelegos só lembranças
Parceira da solidão
Tem dó, tem! Tem dó, tem!
Que a saudade vai me matar
Galopei o rio grande inteiro
Tentando te encontrar
O meu mate já está lavado
De tanto te esperar
Na espreita da madrugada
Ouço seus passos na estrada
Eles seguem seu caminho
E eu fico á olhar pro nada
Se de novo o sol chegar
E ainda me encontrar acordado
Fecho as portas do meu rancho
E sigo pra qualquer lado.

0 comentários
Terra Música feedback