Luzes da Ribalta (limelight)

José Augusto

exibições 31.840

Vidas que se acabam a sorrir
Luzes que se apagam nada mais
É sonhar em vão, tentar ao outro iludir
Se o que se foi, prá nos não voltará jamais
Para que chorar o que passou
Lamentar perdidas ilusões
Se o ideal que sempre nos acalentou
renascerá em outros corações

Composição: Charles Chaplin/ Versão: Antonio Almeida e João de Barro · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Lia
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
0 comentários
Terra Música feedback