Letras de músicas - Letras.mus.br

Rima Pobre

K-sis

Das coisas que eu mais gosto a melhor é dizer não.
Pra pessoas idiotas sem menor educação.
Outro dia numa rave um cara me passou a mão.
Eu mirei o olho dele e acabou beijando o chão.

De manhã uma joaninha aterrizou na minha mão.
Dei um peteleco nela foi parar lá no Japão.
Sexta-feira eu fui pra rua só de meia e bermudão.
Pra variar pisei na merda veja que situação.

Eu pareço estar sempre de cara fechada.
Pode parecer que eu só faço coisa errada
É que eu ainda não deixei ninguém me conhecer

Eu pareço estar sempre de cara fechada.
pode parecer que eu só faço coisa errada
É que eu ainda não deixei ninguém me conhecer

Já dizia o velho Newton na terceira lei da ação
Se eu te der um tapa na cara vai doer na minha mão
Feriado eu vou pra praia, vou comer um camarão
Um pote de cogumelos vou levar por precaução

Sei que a minha fala é simples, mas eu fecho a questão
Vou direto no assunto sem frescura meu irmão
Vou encurtar essa canção, vou voltar lá pro refrão
E se quiser ouvir de novo eu to na mesma estação

Eu pareço estar sempre de cara fechada.
Pode parecer que eu só faço coisa errada
É que eu ainda não deixei ninguém me conhecer

Eu pareço estar sempre de cara fechada.
pode parecer que eu só faço coisa errada
É que eu ainda não deixei ninguém me conhecer

Eu pareço estar sempre de cara fechada.
pode parecer que eu só faço coisa errada
É que eu ainda não deixei ninguém me conhecer,
Ninguém me conhecer, ninguém me conhecer, ninguém me conhecer

Composição: (Kênya Boaventura / Keyla Boaventura/ Emerson Villani) · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por José
22.953 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais