Letras de músicas - Letras.mus.br

Eu vim contar a história
Dum tatu que já morreu,
Passado muitos trabalhos
Por este mundo de Deus.
O tatu foi muito ativo
Pr su vidadebuscar;
Batia casco na estrada.

Mas nunca pode ajuntar
Ora pois, todos escutem
Do tatu a narração,
E se ouver quem saiba mais,
Entre também na função,
Anda a roda,
O tatu é teu,
Voltinha no meio, o tatu é teu.

O tatu foi homem pobre,
Que apenas teve de seu
Um balandrau muito velho
Que o defunto pai lhe deu

O tatu é bicho manso,
Nunca mordeu ninguém...
Só deu uma dentadinha
Na perninha de seu bem.

O tatu é bicho manso,
não pode morder ninguém;
Inda que queira morder
o tatu dentes não tem.

O tatu saiu do mato
Vestidinho, preparado;
Parecia um capitão,
De camisa de babado.

Composição: Tradicionalismo Gaúcho · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Leonardo
2.129 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais