Dinheiro

Krônicos

exibições 8

Quando eu era pequeno
Mamãe me dizia
Que em pouco tempo
Acabaria a mordomia
Porque eu
Começaria a trabalhar

Me escuta menino
Pai e mãe não são eternos
Virão os dias de inverno
A sua vida vai mudar
E é melhor se preparar

Aos dezoito eu me casei
E de cara eu percebi
Que o que eu tinha era pouco
E depressa eu descobri
O que deixa os homens loucos

Dinheiro! Din Din Dinheiro!
Bem que mamãe disse que esse mundo é cruel
Dinheiro! Din Din Dinheiro!
Pra tudo eu preciso de um pedaço de papel

Na primeira gestação
Conheci o desespero
Foi na dor que aprendi
E de cara eu percebi
Que o que é ruim
Sempre tende a piorar

Era bem pequenino
E me acordava já aos gritos
Leite era requisito
Fora as fraldas pra sujar
E as contas pra pagar

Com esforço superei
E logo eu aprendi
Que tudo sempre é pouco
E assim eu constatei
O que deixa os homens loucos

Dinheiro! Din Din Dinheiro!
Bem que mamãe disse que esse mundo é cruel
Dinheiro! Din Din Dinheiro!
Pra tudo eu preciso de um pedaço de papel

Dinheiro! Din Din Dinheiro!
Bem que mamãe disse que esse mundo é cruel
Dinheiro! Din Din Dinheiro!
Pra tudo eu preciso de um pedaço de papel

Terra Música feedback