Sonhei

Lauriete

exibições 62.650

Eu sonhei que uma grande multidão
Caminhava e cantava uma só canção
Na frente dela ia um lindo Rei
O seu trono reluzente era inexplicável
O seu rosto atraente o seu olhar amável
Foi assim o lindo sonho que eu sonhei

E a multidão seguia rumo a uma cidade
De aparência transbordante de felicidade
Lugar onde a tristeza nunca foi
A derrota e o fracasso
Lá jamais encontram espaço
Não existe dor e nem haverá depois

E vi abrir, e vi abrir
Os portões eternos da cidade eu vi abrir
Ouvi cantar, ouvi cantar
Um coral de Querubins e Anjos eu ouvi cantar
E o Rei dos reis, e o Rei dos reis
Foi entrando na cidade com a multidão
Foi aí que eu entendi a letra da canção

Abre portas e portões eternos, para entrar o Rei da Glória
Ele vem com a sua igreja cheia de vitória
É o noivo esperado a hora já chegou, é o dia do Senhor
Toda mesa está preparada e ali não falta nada
A cidade iluminada e a noiva adornada, é o dia do Senhor
É a festa dos remidos que por Deus não foram esquecidos
É o povo que na glória será recebido
São as bodas do cordeiro que João falou, é a ceia do Senhor
E com voz bem afinada o coral de Anjos não parou
E o sonho mais bonito ainda se tornou
Com outro hino que o coral cantou

Levantai-vos oh! portões eternos, para entrar o Rei da glória
Ele é o Rei da glória, Senhor dos Senhores
Forte na batalha, Senhor dos exércitos
Quem é o rei da glória, é Jesus

O rei dos Reis

Terra Música
feedback