Letras de músicas - Letras.mus.br

Rei da Palavra

Leandro Léo

Quantas palavras lindas e gordas
Vão se derramar em vão?
Sem que se saiba para o que servem
Ou para aonde vão
Para um brilhante colar de palavras
Que só faz pesar
Às vezes o rei da língua e da lábia
Tem que saber calar

Quantas palavras fortes e doídas
Vão se debruçar sobre alguém
Reabrindo velhas feridas
Que já cicatrizavam bem
Cheias de vã certezas
De tanta coesão
Às vezes até o rei da razão
Tem que saber calar

Pra nao sair ferido esta é a condição
Saber ser mais ouvido é um dom
"Não, eu não disse isto"
Disse, e não tem volta
Às vezes até o rei da revolta
Tem que saber calar

Quantas palavras fortes e doídas
Vão se debruçar sobre alguém
Reabrindo velhas feridas
Que já cicatrizavam bem
Cheias de vã certezas
De tanta coesão
Às vezes até o rei da razão
Tem que saber calar

Pra não sair ferido esta é a condição
Saber ser mais ouvido é um dom
"Não, eu não disse isto"
Disse, e não tem volta
Às vezes até o rei da revolta
Tem que saber calar

Um líder frente à revolução
Tem que saber calar
Um Deus que assiste a evolução
Tem que saber calar
O verdadeiro rei da palavra
Valoriza o som
Fala como quem ja compreendeu
Que o silencio é bom

Composição: Dani Black · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Carla
28.786 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais