O Direito de Chorar

Léo Canhoto e Robertinho

exibições 658

Não compreendo o desespero que me invade
E quando eu choro, tu se voltas contra mim
Não vê que o pranto que derramo dos meus olhos
É a angustia de um amor que não tem fim.

Mesmo sabendo que tu também em queres
Eu não consigo sufocar a minha dor
Porque sei que eu não tenho o direito
Não pe a mim que pertence o teu amor

Nós nos encontramos muito tarde, infelizmente
E um grande amor sem esperança então nasceu
E quando choro é por que já não consigo
Viver distante deste amor que não é meu.

A minha vida sem teus carinhos é muito triste
E eu não tenho o direito de reclamar
Se não és livre para me fazer feliz
Então não negue-me o direito de chorar.

Terra Música
feedback