Ratinho Malandro

Léo Canhoto e Robertinho

exibições 4.383

Um ratinho que morava num telhado
Vivia alegre dando seus pulinhos
Roia queijo e só comia coisa boa
Sempre alegre tremia seu bigodinho.
Naquela casa também morava um gato
Mas o coitado era bom de coração
Ele gostava de ratinho, mas um dia
A patroa lhe deu essa explicação.

Falado:

- Escute aqui seu gato vagabundo. Você precisa acabar com rato que comendo meus queijos. Esta bem? E se você não apanhar este rato eu jogo você de um Tacho cheio de água fervendo. Entendeu seu gato preguiçoso.

Cantando:

Um certo dia bem depressa se passaram
O pobre gato não podia fazer nada
Ele gostava imensamente do ratinho
A situação já foi ficando complicada.
Um certo dia o ratinho viu o gato
Ajoelhado muito triste a chorar
Chegou pertinho para ver o acontecido
E desse jeito se puseram a falar.

Falado:

- Olá meu amigo gato, porque é que você está chorando?
- Estou chorando, porque minha patroa vai me jogar dentro de um tacho cheio de água fervendo.
- Mas porque lê vai fazer isso.
- É por que eu não quis me matar você ratinho.
- Ah, então vamos falar com o nosso amiguinho cachorro. Ele vai nos ajudar.


Narrador:

"E assim o gato e o ratinho foram falar com o cachorro".

Falado:

- Olá, meu amigo cachorro precisamos de você.
- Qual é o problema meus amiguinhos?
- Miau, o problema é que nossa patroa vai me jogar dentro de um tacho cheio de água fervendo.
- Au, au, au, não chore, não amigo. Eu vou ajudar você. Olha lá esta nossa patroa perto do tacho. Vamos assustá-la e ela cairá dento dele.
- Mas de que jeito vamos assustá-la?
- É muito fácil, chegaremos os três nos pés dela e ai eu dou um tremendo latido e ela cairá dentro do tacha.

Narrador:

E ela se foram os três amigos: o cachorro. O gato e o ratinho. Quando chegaram perto da patroa que estava perto do tacho com água fervendo. O cachorro latiu assim: au, au, au, au.


A tal patroa ficou toda sapecada
Foi para cama quase não podia andar
No outro dia o cachorro muito esperto
Com a patroa desse jeito foi falar:

- Au, au, au, a senhora sabe quem salvou a sua vida?
- Como é que vou saber, se me queimei toda e desmaiei.
- Au, quem salvou a sua vida, fui eu o gato e o ratinho.
- Então, foram vocês que me salvaram. De hoje em diante você não vai mais trabalhar e você ratinho pode roer todos os queijos que encontrar nesta casa. Vocês são todos maravilhosos.

Narrador:

A nossa historia aqui termina criançada
Existe um mal que só vem para ajudar
A tal patroa cuida bem dos três amigos
E ele vivem todos de papo pro ar.

Terra Música
feedback