Letras de músicas - Letras.mus.br

Você era um cabeludo do Largo
Pra ressaca do Bar do Alemão mas nem café amargo
Mas tudo mudou, não tem mais remédio
E você virou um Piá de Prédio

Você era um skatista da Praça da Gaúcho
Tomava bera no Pudim e achava tudo aquilo um luxo
Mas tudo mudou, não tem mais remédio
E você virou um Piá de Prédio

Você era o punk sujo da Boca Maldita
Vinho Campo Largo era a sua grande birita
Mas tudo mudou, não tem mais remédio
E você virou um Piá de Prédio

Mas foi sem motivo (Foi o Positivo)
Foi só mau-gosto (Foi o Dom Bosco)
Foi da noite pro dia (Foi Santa Maria)
Essa é a sua cruz (Foi o Bom Jesus)
Piá de Prédio


Você era um dos hippies da feirinha de domingo
Fazendo e vendendo seus anéis, seus colares e seus brincos
Mas tudo mudou, não tem mais remédio
E você virou um Piá de Prédio

Você era um dos alternas sextas no Korova
De All Star, camisa listrada, cigarro e franjinha feita com escova
Mas tudo mudou, não tem mais remédio
E você virou um Piá de Prédio

Você era um dos perdidos nos showzinhos do Guaíra
Comia folhado de doce de leite na Confeteira das Famílias
Mas tudo mudou e eu não sei se tem mais remédio
E você virou um tosco de um Piá de Prédio

Mas foi sem motivo (Foi o Positivo)
Foi só mau-gosto (Foi o Dom Bosco)
Foi da noite pro dia (Foi Santa Maria)
Essa é a sua cruz (Foi o Bom Jesus)

Piá de Prédio ô ô ô ô
Piá de Prédio ô ô ô ô
Piá de Prédio que tédio eu não te invejo
Piá de Prédio você se tornou... Um Piá de Prédio ô ô

392 exibições
Ver mais fotos

Comentários


Quem curte?
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais