Ponta de espada

Lourenço e Lourival

exibições 1.021

Quatro anos, quatro anos de cadeia
Passei com minha lama cheia de tristeza e de saudade
Quatro anos de horrível penitência
E sofri com paciência esperando a liberdade.
Quatro anos eu passei atrás das grades
Matar foi a vontade de quem veio roubar-me a sorte
Mas errei meu alvo desejado
Eu fui preso e condenado por tentativa de morte!

Toda noite eu sonhava
Com minha mulher amada;
Em meus sonhos ela falava:
- Entre nós não tem mais nada -
Minha gente aquela sonho
Foi pra mim ponta de espada!

Finalmente minha pena foi cumprida
Sai de novo pra vida, porém por surpresa fatal -
Em meu lar encontrei chegando ali
A mulher por quem sofri, morando com meu rival.
Desta vez eu lavei meu coração
De novo estou na prisão, nem conto o que aconteceu;
Um pingo é letra pra você que sabe ler
Não precisa nem dizer quem matou e quem morreu.

Composição: Lourival dos santos / Nízio · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Ministro
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música feedback