Coração Alado

Luciano Ebling

exibições 39

Guria talvez não saiba, que teus lábios de pitanga
Teu gingado serpenteando igual ás águas da sanga

Me levam junto contigo nesse barco, nesse rio
Não encontro mais meu rumo que foi contigo e sumiu

Refrão
Eu sou teu barco encantado
Tu vive ancorada em mim
Se a saudade não tem forma
Por que pesa tanto assim

Remando pelas encostas
Espreitando os sarandis
Nem mesmo as lindas gaivotas
Trazem noticias de ti

Já fui o remo da vida
Hoje sou barco encantado
Buscando um porto seguro
Pra o meu coração alado

Composição: Salvador Lamberty/luciano Ebling · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por lucianoebling
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música feedback