Cavalo Crioulo

Luiz Gonzaga

exibições 4.676

Sob a topada da pisada, galopada, percorrendo meio
mundo.
Vai baixeiro, vai ligeiro, vai formoso, vai fogoso, onde
chegar vai.
É uma força que se lança que avança sobre o peito
ventania.
Na pregada derrubada, nas festas de apartação, pro tudo
que for vai.
Cavalo crioulo é demais tudo faz.
Cavalo crioulo é demais tudo faz.

Pisa que chega e estremece estronda no chão. (ufa)
Faz um pisonhado danado no pé do mourão. (ufa)
E quando arreda ela sangra avança ele arranca carreira
poeira.
É uma cena guerreira, quem fica de longe só vê danação.
(ufa)
Mas se o trabalho é no campo rebate a boiada domina o
cercado.
E no mato fechado ele corre ele passa que nem
cerração.
Porque cavalo crioulo é demais tudo faz
Porque cavalo crioulo é demais tudo faz
Porque cavalo crioulo é demais tudo faz

Sob a topada da pisada, galopada, percorrendo meio
mundo.
Vai baixeiro, vai ligeiro, vai formoso, vai fogoso onde
chegar vai.
É uma força que se lança que avança sobre o peito
ventania.
Na pregada derrubada, nas festas de apartação pro tudo
que for vai
Cavalo crioulo é demais tudo faz (é é é é é é)
Cavalo crioulo é demais tudo faz (é é é é é é)
Cavalo crioulo é demais tudo faz (é é é é é é)
Cavalo crioulo é demais tudo faz (é é é é é é)
(Repete)

Composição: Luiz Gonzaga e Janduhi Finizola · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por edinho
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música feedback