Pena de Morte

Mala 100 Alça

exibições 9.025

A gente já não sai pelos motéis à noite
Pra fazer amor
Já não durmo agarrado ao teu corpo
Já não sinto teu calor

Ainda tomo o mesmo vinho, só que agora sozinho
Acompanhado pela dor
E pergunto se o destino foi justo comigo
E porque nos separou

Condenado sem direito a defesa sou eu
Aprisionado pela dor
Pena máxima foi dada ao meu coração
Magoado eu estou

É pena de morte pro meu coração
Fui condenado a pagar o preço
A setença foi dada, eu pelas madrugadas
Tento fugir, mas não te esqueço
É pena de morte não tem solução
Por que não volta pra me dá carinho?
Esse é um caso perdido, eu tô feito um bandido
Que sem defes vai morrer sozinho.

Ainda tomo o mesmo vinho, só que agora sozinho
Acompanhado pela dor
E pergunto se o destino foi justo comigo
E porque nos separou

Condenado sem direito a defesa sou eu
Aprisionado pela dor
Pena máxima foi dada ao meu coração
Magoado eu estou

É pena de morte pro meu coração
Fui condenado a pagar o preço
A setença foi dada, eu pelas madrugadas
Tento fugir, mas não te esqueço
É pena de morte não tem solução
Por que não volta pra me dá carinho?
Esse é um caso perdido, eu tô feito um bandido
Que sem defesa vai morrer sozinho. (Bis)

Eu tô feito um bandido
Que sem defesa vai morrer sozinho.
Que sem defesa vai morrer sozinho.

Terra Música feedback